#DicasDeCuidado

Quarentena: cuidados com saúde bucal infantil devem redobrar

Além de preservar a saúde do organismo, é necessário redobrar a atenção para evitar acidentes e traumas nesse período de isolamento social

Com as crianças passando mais tempo em casa, devido a pandemia do novo coronavírus, os pais ficam mais preocupados com a saúde dos pequenos. A falta de rotina e brincadeiras perigosas podem ser prejudiciais para a saúde bucal, por exemplo. Portanto, o momento pede cuidados redobrados.

Segundo a cirurgiã-dentista Ludimilla Abi-Saber Toledo, assim como em época de férias, o isolamento social tem sido responsável pelo aumento nas queixas de problemas bucais com as crianças. “Isso acontece principalmente pela rotina diferente. Sem frequentar as escolas e com poucas opções de entretenimento dentro de casa, elas podem abusar um pouco dos alimentos e sofrer traumas dentários por causa da agitação e acidentes – como quedas”, esclarece.

Como o momento atual exige que os pacientes busquem atendimento apenas em casos de emergência e urgência, Ludimilla orienta que o melhor a se fazer é redobrar os cuidados. “Evite exagerar nas guloseimas e mantenha a higienização com escovação, fio dental e enxaguante bucal sempre após as refeições. E, no caso das crianças, não esqueça de checar se a boca foi limpa por completo e da maneira correta”, diz.

Traumas dentários

No caso de acidentes, a melhor forma de evitá-los é com a prevenção. “Os traumas dentários em crianças são um dos principais motivos de consultas de emergência no consultório. Sabemos que com os pequenos em casa, qualquer minuto de distração pode ocasionar um acidente. Uma dica é intensificar a segurança. Evite brincadeiras perto de escadas e móveis pontiagudos, por exemplo. Quanto ao chão, caso seja escorregadio, coloque tapetes antiderrapantes ou um calçado que gere mais firmeza nos pés”, indica Ludimilla.

Caso ocorra algum acidente, a cirurgiã-dentista faz o alerta: “Em caso de fratura de algum dente ocasionada por um trauma, deve-se colocar o fragmento do dente ou o dente inteiro, em caso de traumas de avulsão, mergulhado em um pouco de leite e procurar um dentista imediatamente”.

Fonte: Ludimilla Abi-Saber Toledo, cirurgiã dentista, especialista em periodontia e capacitada em harmonização facial. É professora na pós-graduação em periodontia da Faculdade São Leopoldo Mandic e sócia da Clínica Vitácea, em Belo Horizonte.