Ortodontia Corretiva

vitacea-ortodontia-corretiva-img-interna A Ortodontia corretiva é a especialidade que realiza terapias com o uso de aparelhos fixos que visa corrigir o mau posicionamento dos dentes de adolescentes, adultos e idosos, para proporcionar ao paciente equilíbrio nas proporções da face, alinhamento dos dentes e melhorias no encaixe entre as arcadas, enfim, conferir um sorriso agradável. Existem vários tipos de aparelhos para este fim. Na Vitácea Odontologia temos os seguintes aparelhos, que serão indicados pela nossa ortodontista Adriana Diniz de acordo com cada caso e necessidade do paciente:



APARELHO FIXO

Esse é o tipo mais comum. Possui bandas, fios e/ou braquetes. Os dentes são puxados, movendo-se gradualmente em direção à posição correta ” Com esse aparelho conseguimos movimentos precisos dos dentes, porém exige um cuidado maior na sua higienização”, explica a Dra. Adriana. Além disso, a profissional ressalta que os aparelhos fixos atuais estão muito mais anatômicos e confortáveis para a boca.

APARELHO FIXO ESTÉTICO

Possui a mesma função que o aparelho de metal: corrigir dentes tortos e desalinhados. Porém, esse modelo é feito de materiais transparentes, mantendo assim uma melhor estética quando comparado ao metálico. Os braquetes são feitos, em geral, de porcelana ou safira. Além de super discreto, eles não desgastam e proporcionam mais segurança e beleza ao sorriso do paciente. A procura por esse tipo aumenta constantemente. É uma excelente opção para quem quer e precisa corrigir a má formação sem deixar de lado a estética e a aparência.

INVISALIGN

Mais usado em tratamentos odontológicos estéticos, o Invisalign são quase invisíveis e bastante sofisticados feitos sob medida. São produzidos através de softwares que permitem visualizar os planejamentos e resultados pretendidos. Bem legal, não é? O Invisalign promove um tratamento não só higiênico, mas estético, com menos dores e mais eficiência nos resultados.

Essa também é uma boa opção para as pessoas que apresentaram alguma rejeição relacionada ao metal ou, especificamente, ao níquel que existe em aparelhos metálicos, provocando inflamação excessiva na gengiva. “Essas rejeições pode ser contornadas com o uso do Invisalign que seria o ideal devido a ausência de partes metálicas”, indicou.

APARELHO AUTOLIGADO

Aparelho autoligado é a tecnologia mais moderna hoje para tratamentos com aparelho fixo. Este tipo de aparelho ortodôntico, elimina a necessidade de utilização das boas e velhas “borrachinhas coloridas”. A função dessas “borrachinhas” é prender o fio do aparelho ao braquete (aquelas pecinhas que são coladas dente a dente) e o aparelho autoligado não precisa dessas borrachinhas. Os braquetes desse tipo de aparelho são super tecnológicos e cada um deles tem uma portinha que abre e fecha. Então o dentista abre a portinha, coloca o fio lá dentro e fecha a portinha.

A eliminação do uso das borrachinhas diminui consideravelmente o atrito entre o fio e o braquete e dessa forma, o dentista poderá utilizar forças leves sobre os dentes e o fio poderá trabalhar mais livremente, obtendo resultados mais eficazes e mais rápidos a cada fio utilizado. Fazendo uma analogia entre esse aparelho e o nosso cotidiano, é como se tentássemos colocar um carro em movimento, tendo o freio de mão puxado. O carro vai andar com o freio de mão puxado, mas o motor vai fazer uma força muito maior, o desempenho dele vai ser menor e o tempo de chegada ao destino, acaba sendo maior. O freio de mão do carro, seria a borrachinha nos aparelhos fixos. Eliminando as borrachinhas, o tratamento é mais rápido, mais eficaz e mais confortável também. Como as forças utilizadas são menores, o paciente sente um desconforto muito menor a cada troca de fio.

Esse tipo de aparelho apresenta a versão metálica e a estética, podendo atender aqueles pacientes que têm a estética como algo imprescindível no seu tratamento.

Além disto, estas são as principais vantagens do aparelho autoligado em comparação ao aparelho convencional:

1. Agilidade no andamento do tratamento ortodôntico, com redução de 35% do tempo;
2. Menor acúmulo de bactérias, já que o aparelho autoligado não utiliza as famosas borrachinhas;
3. Mais conforto. Além de todos os benefícios que já falamos, as pecinhas dos braquetes autoligados são menores e mais arredondadas, o que evita machucados e ferimentos na boca.