Entrevista – Portal Uai que Charme

Mitos e verdades sobre implantes dentários

Cerca de 2 milhões deste tipo de procedimento são feitos por ano no Brasil; saiba quem pode ou não fazer.

Os implantes dentários são uma excelente opção para quem perdeu um ou mais dentes, mas como toda novidade, ainda gera dúvidas naqueles que têm indicação para o procedimento. No Brasil, a técnica está cada vez mais difundida: são realizados cerca de 2,2 milhões de implantes dentais por ano no país, segundo a ABIMO (Associação Brasileira da Indústria Médica, Odontológica e Hospitalar). Mas, será que qualquer pessoa pode fazer o procedimento? Para saber o que é verdade e o que não passa de um mito, a cirurgiã-dentista Ludimila Abi-Saber Toledo, especialista em periodontia e implantodontia, esclareceu algumas dúvidas.

Saiba como tratar o mau hálito

Conheça as causas e as formas de tratamento da halitose, além de aprender a se prevenir.

A halitose é uma alteração do hálito que o torna desagradável e em geral é um problema de saúde com consequências sociais e econômicas, morais e psicoafetivas tão sérias que aflige, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), aproximadamente 40% da população mundial. Também conhecido como hálito fétido, mau hálito ou fedor da boca é um sinal indicativo de que alguma disfunção orgânica (que requer tratamento) ou fisiológica (que requer apenas orientação) esteja acontecendo.

Como acabar com o medo de ir ao dentista?

Especialista dá dicas de como enfrentar essa fobia e conquistar um sorriso saudável!

Dados apresentados pela Sociedade Americana de Odontologia aponta que de cada dez adultos, três têm medo de ir ao dentista. No Brasil, não existe levantamento semelhante, mas Newton Miranda Carvalho, presidente da Associação Brasileira de Odontologia (ABO), acredita que os números devem ser próximos ou até maiores do que dos americanos.

Dores de cabeça podem ter origem na boca

Dor de cabeça, dor na face ou na região do pescoço. O que pouca gente sabe é que a origem dessas dores pode estar na boca, mais precisamente no posicionamento dos dentes e na postura mandibular. A Dra. Renata Amorim, especialista em Periodontia, Implantodontia e pós-graduada em Disfunções Temporo-mandibulares, diz que os pacientes chegam a sofrer por anos até que um diagnóstico preciso seja feito, em razão da falta de profissionais especializados para diagnosticar e tratar a dor orofacial.

As causas possíveis são as mudanças de vida das últimas décadas, o estresse causado pela correria do dia-a-dia, além de restaurações e próteses mal executadas. Além da má posição dos dentes, ausência de dentes ou hábitos parafuncionais, como por exemplo, o bruxismo (movimento dos dentes durante a noite de forma a desgastar ou até amolecer os dentes).

Dentes tortos

Os dentes são responsáveis pela mastigação dos alimentos, pela articulação de palavras e, principalmente, um fator determinante na estética. Portanto os dentes tornam-se estruturas primordiais para o organismo. No entanto, toda essa funcionalidade do órgão bucal pode ser comprometida se houver má posição dentária. Os dentes tortos ou mal posicionados podem provocar dificuldade para mastigar e engolir os alimentos, alterar a fala e dicção, favorecer a respiração pela boca e, consequentemente, gerar falta de saliva, além de serem mais suscetíveis às cáries e comprometerem a auto-estima (estética).

Desalinhados, os dentes apinhados (tortos) não trituram totalmente os alimentos, o que dificulta engolir e digerir. Também, o alimento pouco comprimido não desliza com naturalidade pela boca massageando as gengivas, isso resulta em gengivas sangrentas e hipertrofiadas (de volume aumentado). Os dentes mal posicionados provocam vários males como, por exemplo, a alteração da fonética, já que a má posição dentária interfere na posição da língua.

Clareamento dental

O clareamento dental é um procedimento odontológico que visa melhorar a aparência dos dentes, proporcionando um “sorriso mais branco” e mais bonito.

A dentista Ludimilla Abi-Saber explica que existem dois tipos de clareamento. “Um deles é feito em casa seguindo as orientações do dentista, O outro método é feito exclusivamente em consultório, utilizando um gel com concentração muito maior de ativo clareador (e, portanto, não seguro para se usar em casa). O efeito é potencializado por uma fonte de luz, como LED ou laser. São necessárias duas ou três sessões, uma por semana, mas já dá para sentir os resultados na primeira aplicação”.

Cuidados diários para manter um sorriso bonito e saudável

Estar com a saúde bucal em dia é fundamental para quem quer ter o sorriso perfeito e sua autoestima elevada.

Muitos querem ter um sorriso bonito e saudável, mas poucos sabem, de fato, cuidar da saúde bucal. Alimentos gordurosos ou até mesmo que apresentam muito açúcar na sua composição, são fatores que podem prejudicar a saúde dos dentes. Para a cirurgiã-dentista Ludimilla Abi-Saber Toledo, sócia da Clínica Vitácea, em Belo Horizonte, os principais cuidados que devemos ter é com a higienização bucal, a escovação e com o uso do fio-dental.

Página 5 de 16« Primeira...34567...10...Última »