Qual a escova dental ideal?

Qual a escova dental ideal?

Uma especialista cita os tipos de escovas dentais disponíveis, hoje e qual a função de cada uma delas, além de qual a mais indicada para os pacientes de modo geral.

Geralmente, na hora de escolher uma escova ficamos em dúvida de qual levar. Qual o formato? Com cerdas macias, médias ou duras? O certo é que cada uma possui uma função diferente e é indicada para determinados tipos de necessidades. Segundo a cirurgiã-dentista Ludimilla Abi-Saber Toledo, especialista em periodontia e sócia da Vitácea Odontologia, em Belo Horizonte, os diversos tipos de escovas dentais presentes no mercado existem para que as pessoas encontrem uma opção mais confortável para o momento da escovação e que consiga alcançar e limpar todos os dentes sem machucar a gengiva.

Saiba como tratar a perda óssea

Segundo especialista a falta do tecido ósseo pode causar uma série de problemas sistêmicos, além da perda dentária e mau hálito.

Quem não quer ter um sorriso bonito? No entanto, isso não é uma tarefa tão simples assim. Para manter os dentes e a boca saudáveis ao longo dos anos, é preciso ter bons hábitos de higienização, já que doenças como a perda óssea podem surgir. Segundo a cirurgiã-dentista Ludimilla Abi-Saber Toledo, especialista em periodontia e sócia da Vitácea Odontologia, em Belo Horizonte, ela é caracterizada pela falta do tecido ósseo ao redor do dente, diminuindo, assim, o suporte que os sustenta na posição devida.

Estresse influência na perda dos dentes

Segundo especialista o paciente que possui a doença periodontal tende a apertar e ranger dentes, o que pode favorecer a perda óssea ao redor causando desgaste e fratura dentária.

Recentemente a atriz Demi Moore contou que perda alguns dentes devido ao estresse, o que chamou a atenção de todo o mundo. Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) apontou que pessoas estressadas têm mais chances de desenvolver doenças periodontais, inclusive a perda do dente. Segundo a cirurgiã-dentista Renata Amorim, sócia da Clínica Vitácea Odontologia, em Belo Horizonte, isso ocorre devido à liberação de alguns hormônios que provocam a baixa da defesa imunológica, a diminuição da salivação e o menor diâmetro dos vasos sanguíneos que provoca também menor oxigenação dos tecidos de suporte do dente.

Odontologia Digital

Você sabe o que é Odontologia Digital? E se soubesse que ela pode diminuir o tempo na cadeira do dentista? Pois é isso e muito mais que essa ferramenta chamada CEREC pode fazer por você!

A evolução tecnológica favoreceu os tratamentos odontológicos, pois agora há possibilidade de se fazer um tratamento dentário de maneira mais rápida, mais confortável, com ótima precisão e qualidade. E o CEREC é uma ferramenta de tecnologia de ponta para realização da Odontologia Digital. Ele é baseado na tecnologia CAD ̸ CAM, termo em inglês que significa desenho e confecção da peça pelo computador, ou seja, através de uma moldagem digital a peça é confeccionada.

Dentes sensíveis

Especialista explica como tratar e prevenir a hipersensibilidade dentária.

De acordo com estimativas das associações odontológicas cerca de, 25% dos brasileiros adultos possuem dentes sensíveis. Consumir alimentos e bebidas geladas passa a ser uma tortura para quem sofre diariamente com o problema. Segundo a cirurgiã-dentista Renata Amorim, sócia da Vitácea Odontologia, em Belo Horizonte, a hipersensibilidade dentária acontece quando há exposição gradual da dentina, que é a parte mais interna do dente e que contém pequenos canais (túbulos dentinários), com terminações nervosas e fluidos.

Página 4 de 16« Primeira...23456...10...Última »