Cáries: os mitos e as verdades que você (ainda) desconhece

Laserterapia na Odontologia

Vários campos da saúde têm se beneficiado com a tecnologia e na Odontologia não poderia ser diferente. Um dos objetivos da área é buscar métodos que sejam menos invasivos, para diminuir o desconforto e a dor nos procedimentos realizados na clínica. Por isso, a laserterapia se mostra uma excelente alternativa em diversos casos.

Plástica gengival – quando é indicada?

Hoje em dia, muito tem se falado em tratamentos estéticos para transformar o sorriso e deixá-lo mais harmonioso com o restante do rosto. Em muitos casos, a ideia é melhorar a relação entre os dentes e a gengiva, para que elas não apareçam mais do que o necessário.

Paralisia de Bell (parcial do rosto). Como isso impacta na saúde bucal?

Em um primeiro momento, a maioria das pessoas que percebe que os músculos de um lado do rosto estão perdendo os movimentos, associa os sintomas a um AVC (acidente vascular cerebral). Embora realmente os sintomas sejam parecidos, a paralisia parcial do rosto, também conhecida como paralisia de Bell, não tem nada a ver com um derrame cerebral. 

Perda Óssea: por que acontece e como tratar?

Existem tecidos que sustentam e nutrem a cavidade oral e precisam estar saudáveis para que não comprometam a saúde do seu sorriso. Esses tecidos formam uma base de suporte para as gengivas e, quando ocorre a perda óssea, elas podem se retrair e descolar, formando bolsas periodontais e tornando a região um foco de bactérias.

A boa notícia é que a Odontologia possui tratamentos adequados para corrigir problemas desse tipo e garantir uma boa saúde bucal. Acompanhe o artigo de hoje e entenda melhor como ocorre a perda óssea e seus tratamentos.

Retirada de células tronco a partir de dentes de leite. Vale a pena fazer?

  • DNA

As células tronco são capazes de se multiplicar rapidamente e transformar-se em células especializadas, como as da pele ou do fígado, por exemplo. Divididas em dois grandes grupos, células tronco embrionárias e células tronco adultas, elas vêm sendo estudadas ao longo dos últimos anos e aplicadas em diversos tratamentos.

O armazenamento das células tronco de uma pessoa é uma garantia de que, caso ela venha a ter um problema de saúde, haja a possibilidade de regenerar partes do corpo com seu próprio DNA, facilitando a aceitação do organismo na inserção de um novo órgão ou na restituição de uma parte importante do corpo, como as células cardíacas.

A boa notícia é que hoje é possível fazer a retirada de células tronco a partir dos dentes de leite das crianças. Quer saber mais a respeito? Siga conosco por essa leitura!

Página 2 de 1712345...10...Última »